Dicas para praticar Corrida no dia a dia

A corrida é um dos esportes que mais cresce no Brasil e por diversos motivos simples.

O principal é ser democrático: qualquer um com aval médico para o esporte pode praticar, de crianças a senhores de idade.

Também é barato: precisa de apenas um bom tênis para começar a correr e roupas confortáveis.

E locais não vão faltar, desde a sua rua, uma pracinha ou a beira mar, o importante é se manter ativo.

Os benefícios também vão muito além de apenas distrair a mente e vale a pena manter-se no ritmo do passo a passo rumo a longas distâncias.

Até mesmo em uma viagem é só levar o tênis e roupas confortáveis e começar a praticar o esporte.

 dicas-de-corrida-1

Dicas simples para praticar corrida

 

Quem quer começar a correr deve em primeiro lugar iniciar uma caminhada de ao menos dois dias por semana por uns 20 dias.

Parece chato querer ganhar velocidade enquanto todo mundo passa correndo ao seu lado mas você ainda está nos passos curtos.

É assim mesmo.

Mesmos os mais ativos em esportes cansam rápido porque a corrida exige bastante da musculatura da perna e core e até mesmo braços e a dor será intensa nos dias seguintes.

Também pode causar lesões à musculatura forçar tanto a barra.

 

Um dos pontos mais importantes ignorados pelos atletas é quanto a distância.

O aumento de distâncias deve ser semanal e não diário.

É comum se sentir bem e dá uma boa esticada em alguns quilômetros em um treino ou outro mas não é o ideal.

O indicado pelos profissionais de educação física é um aumento gradual de 10% da distância por semana.

Assim seu corpo tem mais tempo para se acostumar com o novo desafio e a evolução será suave e bem prazerosa, sem dores e sem problemas médicos.

 

Faça treinos pequenos mas não deixe de treinar.

Depois de uma semana sem correr o corpo já começa a voltar a seu estado de sedentarismo e um mês afastado do tênis estará em sedentarismo total.

A volta é curtinha mas mesmo assim cai o rendimento.

Mantenha-se constante e conseguirá manter seu pulmão em plena atividade e aumentar ainda mais a resistência corporal.

4/4/2013 Boston, Massachusetts Tim Kelly, assistant director of Boston University admissions, is training to run the Boston marathon. Kelly (CASí09, SEDí12), a BU staffer is running the Boston Marathon to raise money for the American Liver Foundation. Kelly has two relatively rare liver conditions causing him to choose the ALF. Photo by Kalman Zabarsky for Boston University Photography
4/4/2013 Boston, Massachusetts
Tim Kelly, assistant director of Boston University admissions, is training to run the Boston marathon. Kelly (CASí09, SEDí12), a BU staffer is running the Boston Marathon to raise money for the American Liver Foundation. Kelly has two relatively rare liver conditions causing him to choose the ALF.
Photo by Kalman Zabarsky for Boston University Photography

Participar de provas é uma forma de se manter eternamente no desafio também.

Existem eventos de corrida de rua em praticamente todas as cidades brasileiras, uma forma de se manter estimulado em metas.

A ideia principal de tais eventos não é criar competidores mas manter os corredores na ativa, aumentar a rede de amigos e sentir o prazer de completar uma volta.

Ajuda a manter o foco no dia a dia.

Você quer, por exemplo, completar uma prova de 10 km e sabe que para isso não pode faltar treinos, então sente-se muito mais estimulado a calçar o tênis e partir para empreitada.

 

Se não tem tempo, monte treinos curtos.

Existem corredores com foco em treinos longos, conhecidos como longões, de 20 km em diante com foco na meia maratona, mas eles também aprendem bastante com treinos curtos.

Treinos de sprint, por exemplo, com tiros de velocidade intercalando com trote e caminhada ajudam a melhorar o sistema cardiovascular e a resistência pulmonar.

Não ter tempo não é mais uma desculpa para não correr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *